Skip to main content

Se pudesse vivenciar a cidade a partir de uma perspectiva de 95 cm – a altura média de uma criança de três anos – o que você mudaria?

 

Esta é a questão central que a Urban95 procura responder em nome dos bebês, crianças pequenas e cuidadores que raramente têm voz nas políticas, no planejamento ou no design das cidades.

Fazemos isso ajudando os responsáveis pelo planejamento das cidades, os designers urbanos e outros urbanistas a entender como seu trabalho pode influenciar o desenvolvimento infantil. O nosso objetivo é incentivar as cidades a criar espaços onde as crianças possam crescer, aprender, criar, imaginar e brincar em todos os bairros, alcançando o maior número possível de famílias.

 

O que isso significa para as cidades.

Cidades para bebês, crianças pequenas e cuidadores são boas para todos.

A presença de crianças e famílias é, em geral, uma medida da vivacidade e do dinamismo de uma cidade. E a sua experiência de viver e crescer nas cidades é totalmente única. As cidades podem ser lugares maravilhosos para crescer, mas também podem representar sérios desafios para a saúde e o bem-estar dos bebês, das crianças pequenas e de seus cuidadores - desde a ausência da natureza e de espaços seguros para brincar até poluição do ar e congestionamentos, e até o isolamento social.

Hoje, mais de um bilhão de crianças estão crescendo nas cidades. As famílias urbanas de todo o mundo, especialmente as que vivem na pobreza ou em habitações informais, se beneficiam, de formas transformadoras, do aumento de serviços, transportes e espaços verdes seguros e limpos que sejam mais acessíveis para as crianças pequenas brincarem e para as famílias se reunirem.

Uma cidade adequada para bebês, crianças pequenas e cuidadores é uma cidade que funciona para todos.

Um melhor planejamento e design que incorporem a experiência de bebês, crianças pequenas e seus cuidadores ajudam as crianças a se desenvolverem e se tornarem mais saudáveis, além de darem autonomia aos cuidadores; o que também beneficia outros grupos da população da cidade caracterizados por um alcance limitado e um ritmo lento, como pessoas com deficiência e idosos. Tal planejamento e design urbanos centrados na família não se resumem apenas à construção de mais parques infantis. As famílias são desproporcionalmente desafiadas pelo transporte público de má qualidade, bem como em relação à alimentação, aos cuidados de saúde e à ausência de creches. 

As crianças e os seus cuidadores têm maior probabilidade de prosperar nas cidades quando têm acesso a:

  Natureza: 
A exposição à natureza ao brincar, fazer exercícios e descansar é benéfica para a saúde mental e física em todas as idades.

  Ar limpo: 
Os efeitos da má qualidade do ar são sentidos desproporcionalmente pelos bebês e crianças pequenas, e especialmente pelos que se encontram em áreas mais vulneráveis.

  Proximidade de serviços e espaços saudáveis: 
Assegurar que fontes de alimentação saudáveis, centros médicos, locais de reunião, espaços verdes e cuidados infantis acessíveis possam ser acessados a pé, de bicicleta ou por meio de transportes públicos confiáveis auxilia os cuidadores e proporciona a todas as crianças um bom começo de vida.

Melhorar a saúde e o bem-estar por meio do design das cidades e da vida urbana:

A iniciativa Urban95 apoia os nossos parceiros para que possam trabalhar em diversos aspectos do design das cidades e da vida urbana a fim de melhorar a saúde e o bem-estar, e encorajar interações saudáveis entre cuidadores e crianças pequenas, tais como:

  Espaço público: 
Locais como ruas, parques, calçadas, praças e parquinhos devem ser seguros, acessíveis, confortáveis, saudáveis e estimulantes para bebês, crianças pequenas e seus cuidadores. Ambientes saudáveis com níveis seguros de qualidade do ar e baixa poluição sonora.

  Mobilidade: 
É vital que os cuidadores e as crianças pequenas disponham de formas convenientes, acessíveis e sustentáveis de chegar aos seus destinos e seguir as suas rotinas diárias.

  Planejamento dos bairros:  
Os bairros devem ser criados para proporcionar um acesso fácil a serviços essenciais por meio de uma viagem curta e acessível, uma comunidade vibrante e solidária e um ambiente confortável para crianças pequenas e cuidadores.

 

Além disso, um design e planejamento urbanos amigáveis à família podem aumentar a resiliência climática da cidade, gerar enormes benefícios econômicos e oferecer uma plataforma para investimento que tende a unir forças políticas.

Leia mais sobre a Urban95 Urban95.

 

Fuso horário detectado